CE de Turismo apoia projeto que liga Rio a Petrópolis por meio de barca e trem


Tempo de locomoção reduzido pela metade, mais opções de hospedagens durante os megaeventos e oportunidades de novos negócios. Esses são alguns dos benefícios do projeto que liga o Rio de Janeiro a Petrópolis através de barca e trem, liderado pela Associação Fluminense de Preservação Ferroviária (AFPF). Durante reunião no dia 15 de abril, o diretor da AFPF, Antonio Pastori, apresentou detalhes do projeto aos membros do Conselho Empresarial de Turismo Pró-Rio da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

Para o presidente do conselho, Sávio Neves, a iniciativa é um grande ganho para rede de hospedagem da Região Serrana do estado, que hoje está isolada por conta do tempo de viagem de três horas. Com o novo percurso, a viagem duraria cerca de uma hora e meia contra as três horas atuais enfrentadas pelos turistas, no horário de rush, via BR-040.

O projeto prevê que cerca de 1500 carros de passeio e 200 ônibus seriam retirados das ruas diariamente. Além disso, Neves ressaltou a possibilidade de negócios no novo percurso.

FONTE: ACRJ

© Sávio Neves. Todos os direitos reservados.